top of page
background_02.jpg
  • Foto do escritorAna

Super Poderes da Natureza dos Açores

A maior parte dos visitantes que procuram os Açores vêm atraídos pelo postal de natureza em estado bruto e pela expectativa da próxima oportunidade de fotografia das futuras memórias de férias. Ok, eu percebo. A vista em qualquer um dos muitos miradouros espalhados pelas ilhas é verdadeiramente sublime e por vezes o tempo de visita não é muito extenso. Quem nunca... todos o fazemos quando vestimos a pele de turista em qualquer destino novidade.


Ainda assim, existem algumas opções que podem diferenciar verdadeiramente a forma como as nossa ilhas são experienciadas e os proveitos que estas podem trazer para umas férias de pura reconexão com a natureza. Estes benefícios contribuem para um efetivo "recarregar de baterias" permitindo aceder a um nível superior de repouso e regeneração cujos efeitos perdurarão no tempo.



1. O vigor do banho de mar


Poucas pessoas discordarão da sensação agradável que sentimos após um banho do mar, mas existem benefícios para a nossa saúde que vão muito para além do simples bem estar. Em pleno Oceano Atlântico o mar das ilhas Açorianas é profundo e cheio de vida. Mesmo no Inverno, com frio ou com chuva esta é uma experiência que vale a pena viver:


  • a água do mar é rica em sais minerais que fortalecem o sistema imunitário, diminuem a propensão para alergias e têm um efeito cicatrizante.

  • os banho de água fria ganham cada vez mais adeptos pelos seus benefícios anti-inflamatórios, redução do stress, melhoria da qualidade do sono entre muitos outros.

  • a água salgada tem a capacidade de restaurar as energias e reduzir a carga negativa do corpo contribuindo para um rejuvenescimento e equilíbrio das reações bioquímicas do corpo.

Assim, mesmo que não esteja um clima apetecível, este é uma super experiência que vai permitir levar na bagagem muito mais que memórias de paisagens maravilhosas.


Existem incontáveis locais ótimos para um excelente banho do mar, desde praias, a piscinas naturais ou mesmo através da prática de um desporto náutico como o surf, muito popular por estas bandas.



2. A energia do basalto


Um dos locais favoritos dos Açorianos para fazer um banho de mar é no "Calhau". Estas piscinas naturais, assim chamadas pelos locais, são zonas que normalmente têm um acesso mais ou menos fácil ao mar. Composta essencialmente por rocha vulcânica, a costa das ilhas é assim o sítio ideal para uns banhos de sol após o rejuvenescedor banho do mar.


São já conhecidas as propriedades das massagens com pedras quentes, que ajudam a um relaxamento profundo, alívio das dores musculares e tensões. Uma visita ao "calhau", onde nos podemos deitar diretamente nas pedras de basalto funciona, na verdade, como uma ida ao spa.


O basalto possui uma energia natural vibrante e desde sempre que é usada em diversas culturas por todo o mundo devido às suas inúmeras propriedades de cura, promovendo a ligação com a energia da terra e todos os benefícios associados ao grounding.



3. O bálsamo dos fitocidas


Ainda não muito conhecida no nosso país, a prática dos banhos de floresta é uma terapia procurada por cada vez mais adeptos por todo o mundo. Nascida no Japão e conhecido como Shirin-Yoku esta filosofia defende que o efeito de se estar exposto à atmosfera da floresta possui propriedades terapêuticas com benefícios excecionais para a saúde.


Os Açores têm as condições ideias para a realização desta prática, sendo a Cryptomeria Japonica uma das espécies de eleição no que respeita ao contributo das suas propriedades curativas através da libertação dos fitocidas. Esta espécie representa 60% da área florestal do arquipélago.


Estas substâncias biologicamente ativas, de origem vegetal são conhecidas pela capacidade de inibir o crescimento e desenvolvimento de bactérias e fungos e são os químicos produzidos naturalmente pelas arvores para se defenderem de ataques destes microrganismos. O simples ato de estar na floresta proporciona a inalação destes compostos e os seus benefícios são inúmeros, sendo um dos mais importantes o reforço do sistema imunitário com um aumento do número de células NK (natural killer) que constituem a linha da frente da defesa do nosso corpo contra as doenças.


Estudos científicos indicam que os benefícios são imediatos e os efeitos perduram no tempo por várias semanas.



4. A terapia das águas termais


Talvez a mais procurada, uma visita aos banhos termais é paragem obrigatória. Um banho nas águas naturalmente aquecidas pela atividade vulcânica é um must em qualquer altura do ano.


Aqui os spas são a céu aberto e habitualmente rodeados da mais luxuriante vegetação sub-tropical que carateriza o cenário açoriano.


Os benefícios dos banhos termais são inúmeros e reconhecidos ao longo das épocas. Para além do relaxamento imediato, as àguas são indicadas para a osteoporose, reumatismo, doenças inflamatórias e doenças de pele.


As termas mais conhecidas encontram-se na ilha de São Miguel e Graciosa.



5. Os iões negativos das cascatas


Quando o negativo é positivo! Nestas paragens as cascatas são incontáveis, mais ou menos acessíveis, é quase impossível não nos depararmos com elas quando circulamos pelas ilhas.


Mesmo que para muitos seja um desafio, a melhor sensação é mergulhar nas águas refrescantes de uma cascata após uns bons quilómetros de caminhada num dos muitos trilhos existentes. Este é um ambiente rico em iões negativos, e a influência que estes têm no nosso organismo é imediata.


A exposição regular aos iões positivos, presentes no campo eletromagnético gerado a partir de computadores, wireless, telemóveis e outros aparelhos eletrónicos, prejudicam a função cerebral e enfraquecem o sistema imunitário. Ao contrário, a exposição aos iões negativos traz inúmeros benefícios entre os quais: regulação da pressão arterial, qualidade do sono, reforço do sistema imunitário e aumento dos níveis de serotonina e consequente regulação dos estados emocionais.


Assim encontrar o equilíbrio recorrendo ao contato frequente com a natureza e especialmente em ambientes húmidos e com a presença de água, torna-se uma ferramenta poderosa para o nosso bem-estar e saúde em geral.



6. O poder do silêncio


Para mim uma das melhores formas de me conectar com a natureza e comigo própria. Muito mais do que a ausência de ruído, o silêncio é um estado de espírito que pode trazer muita calma e serenidade.


Associo o silêncio à simplicidade na vida, menos ruído, espaços mais leves e simples, rotinas de tranquilidade que nos fazem bem.


Aqui é fácil encontrar um local em plena natureza onde nos podemos conectar com um silêncio profundo e rico de simplicidade e beleza.


Vale mesmo a pena sair do habitual roteiro turístico e explorar os recantos mágicos que nos transportam para um tempo sem tempo.


 

Estas sugestões poderão ser aplicadas em tantos outros lugares e sempre que uma pausa retemperadora se imponha, mesmo sem termos que esperar pelas próximas férias. Basta procurar o sítio certo mais próximo de nós.


we are nature

7 visualizações

Destralhar

Comments


bottom of page